creative@creativeonline.com.br (11) 2148-4949 0

BLOG CREATIVE

HOME / BLOG

BLOG CREATIVE

0

2017

Julho, 23

SEM STRESS, MAIS FOCO

Por Thiago Rodrigues


É só olhar ao seu redor e ver crianças e adultos girando os tais spinners entre os dedos. O brinquedo virou febre no mundo inteiro em pouco tempo e é anunciado e vendido como um objeto que ajuda pessoas ansiosas a focarem e diminui o estresse. Neste artigo vamos falar sobre algumas teorias sobre como os famosos spinners viraram uma mania global.

A intenção da inventora Catherine Hettinger ao criar o conceito de um brinquedo giratório era ajudar na criação de sua filha enquanto ela mesma sofria de uma doença autoimune. A doença afetava a força de seus músculos e ela precisava de um brinquedo que a ajudasse a interagir com sua filha sem grande esforço físico. Em inglês, o brinquedo é conhecido como Fidget Spinner. Em português, a palavra fidget se traduz em “inquietação” e em inglês é usada para descrever “pequenos movimentos, especialmente com as mãos e os pés, causados por nervosismo ou impaciência”. Sabe aquele cara que aciona o botão da caneta repetidamente, ou sua colega que rói unhas e balança a perna cruzada? Acredita-se que estes movimentos são naturais dos seres humanos em situações de tédio. Outra teoria é que o fidgeting é uma forma de manter o cérebro ativo e de se concentrar. Quando há muita informação ao mesmo tempo, o cérebro pode disparar estes movimentos para aliviar uma parte do estresse e melhorar o nosso foco.

 

Crianças com hand-spinner

 

Imagine um casal com 3 filhos pequenos reunido em uma sala para tomar uma importante decisão da família. As crianças brincando e fazendo muito barulho podem atrapalhar a concentração do casal para tomar a decisão. Executar movimentos de fidget seria o equivalente a dar brinquedos para as crianças ficarem quietas enquanto o casal toma a tão importante decisão. Este tipo de movimento ocupa partes do cérebro que distrairia o resto com pensamentos aleatórios, e esta seria a principal teoria sobre como um fidget spinner ajuda no foco e concentração das pessoas.

 

Outra possibilidade é que movimentos do corpo são na verdade parte do processo de pensamento e expressão. Tente escrever um longo e-mail, conversar com alguém ou cantar estando completamente parado. Além de parecer esquisito, tal falta de movimento não nos parece natural, portanto se movimentar realmente nos ajuda a expressar pensamentos e sentimentos. 

 

Uma terceira teoria é de que o fidgeting serve como um ritual. Rituais normalmente oferecem o conforto da familiaridade, previsibilidade e estrutura que pode ser relativamente ausente na vida real. Movimentos repetitivos como apertar uma bolinha ou clicar uma caneta podem ser mini-rituais reconfortantes.

 

Fidgeting talvez ajude a criar um vínculo emocional com um objeto, que de certa forma serve como substituto de um ser humano. Conexões emocionais são uma necessidade básica para nós, que as pessoas podem satisfazer, em parte, com um cobertor favorito, bola, brinquedo ou outro objeto.

 

Enfim, fidgeting pode ser uma forma de manter alguma atividade física para contrapor nossas vidas cada vez mais sedentárias e preencher vazios do cérebro usando spinners, cubos, canetas e outros objetos. O fato é que estes objetos já viraram uma febre mundial e mesmo que não te ajude a focar, no mínimo serve como um brinquedo divertido!



ADICIONE UM COMENTÁRIO











faça seu login

A Creative Design oferece a sua empresa uma área específica onde você poderá controlar todos os orçamento e produtos solicitados. Receba notícias, informações do nosso blog e promoções de nossos produtos.



Esqueci a Senha
Cadastre-se

 


ENVIAR

Voltar